Perdi mais de R$ 3 mil em menos de 2 minutos!

Você deve ter chegado até aqui achando que é algum tipo de pegadinha, não é mesmo? Mas não tem nenhuma pegadinha, o fato aconteceu.

Em 2019 estava tomado pelo stress, no começo do ano tive que largar a faculdade de odontologia, voltar a trabalhar “para os outros” e ainda por cima dividir meu dia entre jornadas duplas ou triplas, parte no meu trabalho, parte na minha clinica e parte em casa.

Como se não bastasse, as dívidas estavam nos consumindo, estava sendo um ano surreal.

No meio de tudo isso, as vacinas do meu filho já estavam atrasadas. Como eu queria estar presente em todas fui segurando e segurando até que não deu mais para esperar, agendamos o dia e como eu trabalhava em São Paulo e morávamos em Osasco, terminei tendo que sair no meio da tarde do trabalho, cheio de coisas para fazer e me deslocar parte em trem, parte caminhando e parte de carro para chegar ao bendito local das vacinas. “Imagina como cheguei feliz!”

Chegamos faltando 40 minutos para fechar e já me deparei com um casal reclamando do atendimento na porta, eu, mega estressado já e preocupado com o monte de coisas que tinha ainda para fazer pensei, só o que me falta é ainda ser mal atendido ou ver meu filho sendo judiado por causa de horário.

Dito e feito, eu já estressado com as circunstâncias, o pessoal querendo sair mais cedo do trabalho, trocamos faíscas e repreensões e sai de lá espumando de raiva.

Assim que cheguei em casa “voltei ao google” onde havia pesquisado os horários de atendimento e fiz uma avaliação do local, só que, no calor do momento, além da avaliação negativa fiz uma analogia que, apesar de não ser um xingamento propriamente dito, não deveria ter feito.

Apaguei o comentário um tempo depois, com a cabeça mais fria, pensei em reescrever por que achei um absurdo toda aquela situação mas deixei pra lá.

Segui minha vida estressante até que um belo dia recebi a notificação de que estava sendo processado, inicialmente achei que era golpe, mas comecei a pesquisar melhor e descobri que era sério! Acionei meus advogados ainda achando que era algum tipo de equivoco e foi ai que cai do cavalo. Fui processado por três funcionárias que se sentiram prejudicadas pelo comentário que eu fiz. Comentário que, apesar de não ter sido direcionado a elas, pelo fato de estarem no local naquele período que citei, como diz o ditado, serviu a carapuça.

Pois bem, travamos a disputa jurídica em que o valor inicial era absurdo e me fez perder noites e mais noites de sonos, como poderia um comentário que demorei menos de 2 minutos para escrever, me expor e me levar até aquela situação? Já não estava bem financeiramente e ainda iria perder todo aquele dinheiro? Novamente, surreal.

Chegou o primeiro julgamento, expusemos os acontecimentos e fomos embora para aguardar o veredito. Minha vida que já estava um caos ficou pior, trabalho, clinica, casa, processo, dívidas! Eu não estava aguentando mais a pressão.

Chegou a data e o juiz fala que o gravador deu problema, teríamos que refazer a audiência. Aquela ansiedade e stress todo se prorrogando por mais e mais tempo, parecia um curso intensivo de paciência. Quando chegamos lá na nova data, outro juiz.

O novo juiz entendeu minha situação, entendeu que houve erro por parte das pessoas que me processaram mas, entendeu que me excedi no comentário e por causa disso, estabeleceu um valor de pouco mais de 3 mil reais como sentença. Muito menor do que o valor pedido mas ainda assim, um valor significativo para mim que já “não estava muito bem na fita”.

Eu tive um pingo de esperança de ser “inocentado”, de que o juiz entendesse meu lado e inclusive durante o julgamento ele propôs um pedido de desculpas, uma retratação minha, eu concordei, mas o povo queria dinheiro.

E por que comentar isso aqui? É justamente por que foi a partir dai que coloquei na minha cabeça que precisava repensar a minha vida. Eu entendi que da forma como estava vivendo, não viveria muito mais tempo. É humanamente impossível viver dessa forma, estressado, sobrecarregado, correndo sempre atrás do dinheiro ou alocando o dinheiro de qualquer forma, sem planejamento.

Eu decidi reavaliar minha vida!

Vendemos a clinica, só com isso tirei meia tonelada das minhas costas e das costas da minha esposa.

Foquei no meu trabalho, em zerar as dívidas e bolei um plano para sair dessa rotina horrorosa que estava vivendo.

É neste espaço que vou compartilhar a minha estratégia com você e contar como consegui sair de uma rotina que estava acabando com a minha vida para uma rotina que me permitiu voltar a viver de verdade.

Nos últimos três meses, venho trabalhado remotamente dos mais diversos lugares possíveis, termino meu expediente e vou caminhar na praia com meu filho e esposa, tenho finalmente tempo para viver!

Mas para isso acontecer, eu precisei bolar um plano que de início, complementasse minha renda, que fosse mais uma fonte de propulsão para uma aposentadoria alicerçada em renda passiva. Ao mesmo tempo que me sirva para uma possível mudança de rota em termos profissionais e pessoais. Foi ainda onde o FNO entrou na minha vida.

Este mês comecei uma nova faculdade, com um assunto totalmente diferente, mas que tem me dado um prazer tremendo de cursar.

Eu queria muito poder te falar em poucas palavras tudo que passa na minha cabeça para que você tenha uma vida diferente, parecida com a que estou tendo agora, porém não é tão simples assim. Este é o motivo pelo qual criei este canal.

Agora, quer começar? Quer dar o primeiro passo mesmo sem saber muita coisa? Se eu puder te dar só uma dica, ela seria para que você faça o curso que serviu de gatilho para isso tudo.

Eu poderia jurar que isso não é balela, que não é enrolação e que tudo isso não foi uma isca para te vender algo, mas por que acreditaria em mim?

Te tranquilizo falando que, você pode comprar o curso, devorar o máximo de conteúdo que conseguir em 7 dias e se ele realmente não for para você, pode pedir reembolso total sem dar qualquer explicação que o dinheiro voltará para o seu bolso.

Eu perdi mais de 3 mil reais em menos de 2 minutos por que tomei uma decisão impulsiva, sem planejamento e motivada pelo stress que estava me consumindo. Se eu houvesse investido uma fração ínfima desse valor no treinamento que estou compartilhando aqui com você, o resultado com certeza teria sido outro. 

Ninguém mais pode dar esse primeiro passo por você!

Sobre o Autor

5 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *